1º Hábito dos Concurseiros Altamente Eficazes – PróAtivos

1º Hábito – PróAtivo
Que tipo de pessoa você costuma ser no dia-a-dia? REATIVA ou PROATIVA? Veja uma definição genérica dos dois tipos de personalidade:
Reativa: O meio influencia o modo de pensar.
A típica fala de alguém reativo é: “Não tenho tempo para estudar”, “Não vou fazer, a concorrência é muito grande”, “É muito difícil”, “Não passei até hoje, não passo nunca mais”
Notou? Nos três exemplos a pessoa, apenas reage às circunstâncias que a cercam, não fazendo nada para mudar a situação em que se encontra.
PróAtiva: O modo de pensar influencia o meio.
As mesmas situações vistas pelos olhos de uma pessoa PróAtiva:
“Vou organizar minha agenda para ter mais tempo par estudar” “A concorrência é grande, mas quantos de fato estão preparados para concorrer comigo?” “Preciso me aprofundar mais no assunto” “Vou estudar até passar”
A diferença é gritante. Em qual dos perfis você se encaixa? E qual você imagina que terá um resultado mais eficaz?
Como ser PróAtivo
A característica marcante da pessoa PróAtiva é de antecipar possíveis problemas que podem atrapalhar a sua programação.
Como organizar sua agenda para ter mais tempo para estudar?
Como me preparar de modos que a concorrência seja reduzida ao máximo ou ínfima?
Como estudar de forma mais eficaz para que meu tempo de aprovação seja reduzido?
Como todo hábito, é algo que precisa ser PRATICADO, inclusive, estudos sugerem que um hábito será incorporado ao seu dia-a-dia se for feito por aproximadamente 21 dias.
6 excelentes dicas para você se tornar uma pessoa PróAtiva:
Classifique suas atividades e programe-se:
Regulares
De grande demanda     
Atividades que necessitam prioridade
Previna surgimento de problemas?
Já ouviu falar de um FMEA (Failure Mode and Effect Analysis) ? Se trata de um plano de ação para análise em caso de falhas, onde você preencherá por atividade o grau de efeito que ela pode ter na sua vida e o que fazer em caso de falha (ferramenta oriunda de processos de qualidade, útil tanto em ambiente corporativo como na sua vida diária) Exemplo aqui.
Análise crítica
Sempre se pergunte: Como poderia melhorar a forma de como estou fazendo determinada tarefa?
Trabalhe sua mentalidade
Veja aqui mais detalhes de como trabalhar a sua mentalidade
Eliminar tarefas desnecessárias
Elimine o que não traz valor ao seu dia-a-dia, o princípio de MUDA ou desperdício nas ferramentas de qualidade nos ensinam que tudo o que não agrega valor é desperdício de tempo e recursos.
Confie em si mesmo
Ninguém pode passar em um concurso por você (Ao menos legalmente) mudanças e autodesenvolvimento nunca serão possíveis se você não acreditar (ou ter fé) de que determinado hábito irá mudar sua vida, comece a acreditar que é possível mudar sua rotina, e ela mudará, pense que é possível ganhar mais tempo para estudar e você o terá, acredite que é possível ser aprovado e tomar posse do seu cargo e você irá conseguir.
Acredite que é possível ser proativo e esse novo hábito irá lhe trazer os benefícios de uma das características dos concurseiros mais eficazes.
Gostou? Compartilhe com seus amigos!